2014.06.25 (42.2014)

Intervenção do Polis Litoral Sudoeste na praia da Amoreira foi concluída

A sociedade Polis Litoral Sudoeste deu por concluída a empreitada de valorização e requalificação da praia da Amoreira, no concelho de Aljezur, uma intervenção orçada em cerca de 366 mil euros, que contou com cofinanciamento comunitário através do Programa Operacional do Algarve – PO Algarve 21.

Localizada no estuário da ribeira de Aljezur, a praia da Amoreira beneficia de um sistema estuarino-lagunar de grande beleza natural. Na continuidade do vasto areal, para o interior, estende-se um extenso campo dunar, que localmente é conhecido pelos “medos da Amoreira”. Todo este conjunto é constituído por habitats prioritários para a conservação da natureza, o que constituiu um dos grandes desígnios desta intervenção: minimizar os impactes provocados pela utilização pública deste território enquanto espaço balnear, criando condições de usufruto que, por um lado, garantissem a efetiva salvaguarda do património natural e, por outro, permitissem um maior conforto e acessibilidade a este espaço hoje muito procurado para atividades de turismo e lazer.

A empreitada promovida pela sociedade Polis Litoral Sudoeste abrangeu três zonas distintas totalizando uma área de intervenção superior a 27.000 m²: a frente de praia, a via de acesso e a zona fluvial.

O projeto, a cargo do arquiteto António Marques, consistiu na beneficiação do acesso viário, na criação de três bolsas de estacionamento em zonas menos sensíveis do ponto de vista ambiental e na redefinição dos acessos pedonais ao areal por forma a não comprometer a dinâmica do sistema dunar. Para tal foi criado um passadiço sobre-elevado que baliza e encaminha os utilizadores para o areal, incluindo os utilizadores com mobilidade condicionada.

O reperfilamento executado ao acesso viário permitiu a criação de uma faixa pedonal e a colocação de dissuasores de estacionamento ao longo da via, inibindo assim o pisoteio de zonas ambientalmente sensíveis.

A empreitada, da responsabilidade da Vibeiras, S.A., incluiu igualmente a reformulação da rede de drenagem de águas pluviais, a consolidação da plataforma do apoio de praia e a renaturalização e eliminação de espécies exóticas invasoras.

Esta ação integra um conjunto alargado de intervenções de valorização e requalificação de espaços balneares que a sociedade Polis Litoral Sudoeste está a desenvolver ao longo dos 150 km de frente costeira que constituem o litoral alentejano e costa vicentina.

Please reload