edificio balnearios depois 2.jpg
Balneários e WC do estacionamento que serve a praia dos Alteirinhos

2021.07

A Comissão Liquidatária da Sociedade Polis Litoral Sudoeste reconhece e agradece aos utentes da praia dos Alteirinhos a correta utilização

Notícia

2020.07

Já reabriu à circulação automóvel a avenida marginal de Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, depois das obras de requalificação efectuadas no âmbito do programa Polis Sudoeste.
André Matoso, presidente da Sociedade Polis Sudoeste, explica que esta intervenção teve como objectivo a "requalificação dos espaços públicos, garantindo uma melhor mobilidade para todos com a colocação de um novo piso e melhorando os espaços de estadia de forma a dinamizar a vivência de rua".

Extrato da notícia publicada pelo jornal Sudoeste

Veja aqui a notícia na integra.

Em execução

2020.06

Desde o início deste mês de junho que se encontram em execução os trabalhos conducentes à Melhoria da acessibilidade pedonal à praia de Odeceixe, e tem por objetivo adequar as acessibilidades de acesso à praia, eliminando conflitos entre peões e viaturas com a implementação de uma faixa de circulação pedonal autónoma.

Nesta empreitada será realizado um percurso pedonal que liga o miradouro da Praia das Adegas ao acesso à Praia de Odeceixe. Este, desenvolve-se ao longo da via rodoviária existente, em estrutura ligeira de madeira e permite uma utilização segura por parte dos utentes da praia. Ao longo deste percurso são criadas duas zonas de repouso e ordenados os lugares de estacionamento automóvel.

 

O investimento total previsto para esta intervenção é de €: 246.931, sendo que o financiamento total é assumido pela Câmara Municipal de Aljezur.

A empreitada que está a decorrer no terreno, está a ser realizada pela empresa “Strongprecision, S.A” de acordo com o projeto de execução aprovado, elaborado por António Marques - Arquitetura e Planeamento Lda.

 

Desde outubro de 2019, que se encontra em execução a empreitada de Beneficiação e Requalificação do Portinho da Arrifana, que visa assegurar a funcionalidade deste portinho com as condições de segurança e higiene necessárias para o desenvolvimento da pesca local.

Os trabalhos que estão a ser realizados no terreno consistem

  • no reforço da fundação do maciço de betão da cabeça do molhe de abrigo;

  • no reperfilamento do talude de enrocamento de proteção no extradorso da zona de enraizamento do molhe de abrigo;

  • no prolongamento da retenção marginal de proteção do terrapleno portuário até à falésia;

  • na pavimentação do terrapleno portuário e reparação do desnível do pavimento no cais sudoeste;

  • na reparação/reconstrução da antiga rampa varadouro;

  • na substituição da escada metálica e da escada de madeira existentes no cais norte por escadas de betão;

  • na manutenção de fundos da bacia portuária até à cota -0,70 m(ZH).

 

Esta empreitada está a ser realizada pela empresa “Hydro-stone - Engenharia, Lda.” De acordo com o projeto de execução elaborado pela “WW - Consultores de Hidráulica e Obras Marítimas, Lda.”

Investimento total de €: 629.568, com o financiamento comunitário assegurado pelo Mar2020.

Consignação

2020.05

Em, maio deste ano foi consignada a empreitada de Valorização e Requalificação da Praia da Ilha do Pessegueiro à empresa, “Rui & Candeias, Lda,” tendo o projeto sido realizado pela “Land Design – Arquitetura Paisagista, Lda.”.

O investimento total estimado para esta obra é de €: 581.581, contando com o financiamento comunitário do Alentejo 2020.

 

A Empreitada a realizar no terreno tem como objetivo valorizar os espaços degradados presentes e qualificar a Praia da Ilha do Pessegueiro, melhorando assim o usufruto desta praia pelos seus utilizadores e, consequentemente, promover a proteção de pessoas e bens.

Concretamente, os trabalhos a realizar consistem no reordenamento e qualificação do estacionamento, garantindo um enquadramento favorável do Forte, na construção de acessos à praia e na qualificação do espaço publico.

Conclusão dos Trabalhos

2020.05

Em Sines foram concluídas as empreitadas de Valorização e Criação de Infraestruturas de Visitação na Praia dos Buizinhos e Reparação do Cais do Molhe de Abrigo do Portinho de Porto Covo

 

Em dezembro de 2019 foi concluída a empreitada de Valorização e Criação de Infraestruturas de Visitação na Praia dos Buizinhos, em Porto Covo , que veio beneficiar um percurso pedonal entre a praia dos Buizinhos e o aglomerado urbano de Porto Covo. Com uma extensão de 310 m, o percurso pedonal criado desenvolve-se em plataforma sobrelevada de madeira de pinho, integra uma zona do miradouro (com uma área de 615 m2), novo de mobiliário urbano (mesas de picnic, bancos, papeleiras) e mesas interpretativas para afixação de conteúdos temáticos relacionados com o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. O trajeto do percurso pedonal interligará o passeio construído no acesso à Doca Pesca, desenvolvendo-se no sentido norte, até à praia dos Buizinhos, através da interligação de caminhos pré-existentes.

O projeto foi desenvolvido por “Domingos dos Reis Fançony”, e a empreitada realizada por “Manuel António & Jorge Almeida – Construções, S.A.”.

A obra teve um custo total de €: 129.545 e contou com a comparticipação financeira do Alentejo 2020.

 

A empreitada Reparação do Cais do Molhe de Abrigo do Portinho de Porto Covo ficou concluída em dezembro de 2019 e teve como objetivo melhorar as condições de segurança e de operacionalidade na atividade de pesca deste portinho, criando melhores condições para manutenção das atividades económicas de base tradicional ligadas ao setor das pescas, tão importantes nesta zona costeira. Esta ação vem complementar a intervenção já realizada pela Sociedade Polis Litoral Sudoeste em 2016, de estabilização da arriba deste portinho.

O projeto foi desenvolvido pela “WW - Consultores de Hidráulica e Obras Marítimas, Lda.”, e a empreitada realizada por “Unifluidos, Lda.”.

Esta obra, com um investimento total de €: 108.875, teve a comparticipação financeira do Mar2020.

 

Convidamo-lo a vir a Sines, passear na praia dos Buizinhos e comer peixe fresco em Porto Covo.

Conclusão dos Trabalhos

2020.05

Em Odemira foram concluídas as empreitadas de Recuperação dos Arrumos de Aprestos de Pesca no Portinho da Lapa das Pombas e Requalificação do Passadiço de Acesso à Praia do Almograve.

 

A primeira, Recuperação dos Arrumos de Aprestos de Pesca no Portinho da Lapa das Pombas, em Almograve, foi concluída em maio de 2020 teve um custo de investimento total de €: 126.131 e o apoio financeiro do Mar2020. Esta obra teve por objetivo responder as pretensões da população local e do seu Edil e visou a requalificação das estruturas terrestres (armazéns de aprestos), com o objetivo de melhorar as condições de segurança e de trabalho dos pescadores no Portinho da Lapa das Pombas e assim promover uma pesca mais competitiva. O projeto foi desenvolvido por “António Marques Arquitetura e Planeamento, Lda.”, e a empreitada realizada por “Virgílio de Sousa Leal”.

 

 

Já a empreitada de Requalificação do Passadiço de Acesso à Praia do Almograve, concluída em março de 2020 permite agora aos utilizadores da praia do Almograve (habitantes das localidades limítrofes, turistas e outros) chegar do aglomerado à praia por um percurso pedonal requalificado, de qualidade e em segurança, percorrendo uma extensão de 650m.

O projeto foi desenvolvido por “Engisfera-Engenharia, Lda.” e a empreitada realizada por “Calaveiras Unipessoal, Lda.”.

A obra teve um custo total de €: 166.496 e contou com a comparticipação financeira do Alentejo 2020.

 

 

Convidamo-lo a vir a Odemira, passear na praia e comer um peixe fresco em Almograve.

Sociedade

2019.11

No dia 5 de novembro de 2019, teve lugar em Odemira a reunião da Assembleia-Geral de Acionistas da Polis Litoral Sudoeste, SA, tendo deliberado a aprovação do Relatório de Gestão e Contas e o Relatório do Governo Societário relativos às atividades desenvolvidas no 2018. Igualmente foi aprovado por unanimidade o Plano de Atividades e Orçamento para o ano de 2019.

Consignação

2019.09

Em setembro de 2019 foi consignada a Requalificação de Vila Nova de Milfontes - 3ª Fase - da marginal até rotunda do Farol empreitada de à empresa, “CONSTRUÇÕES J. J. R. E FILHOS, S.A.” tendo o projeto sido realizado pela “MARIA JOÃO PATRONILHO/MJPAJ - BUSINESS, LDA.

O investimento total estimado para esta obra é de €: 417.024, contando com o financiamento comunitário do Alentejo 2020.

 

A Empreitada a realizar no terreno, mais especificamente, na Avenida Marginal, na zona compreendida entre os balneários públicos (cruzamento com a Rua do Lavadouro) até ao Farol, estando incluídos os acessos à praia do Farol e da Franquia (3º Fase), tem como objetivo garantir uma uniformização e coerência formal do ambiente urbano, complementando as intervenções de requalificação urbana, anteriormente feitas em Vila Nova de Milfontes pela Sociedade Polis Litoral Sudoeste.

 

Concretamente, os trabalhos a realizar consistem na

  • Requalificação de todo o espaço público;

  • Caracterização da rede de circulação automóvel e pedonal, assim como a beneficiação das condições de circulação viária e pedonal, tendo presente a sua hierarquização;

  • Caracterização de novos espaços de lazer e estadia, nomeadamente nos acessos à praia, com mobiliário urbano adequado, confortável, moderno e funcional;

  • Nova iluminação, promovendo uma nova fruição do espaço público promovendo a qualidade de vida e segurança do transeunte, colocando no mesmo lugar das luminárias existentes.

Candidaturas

2019.08

Reparação do Cais do Molhe Norte de Abrigo do Portinho de Porto Covo

Candidatura: MAR-01.05.02-FEAMP-0137 - P4.5

Na sequência da identificação de problemas no Cais Norte de Abrigo de Porto Covo que poem em risco a estabilidade da estrutura existente, serão realizados, no âmbito desta candidatura, os seguintes trabalhos:

  • Demolição do pavimento

  • Saneamento do aterro subjacente

  • Aferição da existência de “locas” e o fecho das mesmas

  • Colocação de um filtro geotêxtil

  • Reposição dos aterros

  • Reconstrução do pavimento.

 

Valor global aprovado de 92.004 €, com uma taxa de cofinanciamento de 75%

 

Ficha de Projeto

Candidaturas

2019.08

Recuperação dos Arrumos de Aprestos de Pesca no Portinho da Lapa das Pombas

Candidatura: MAR-01.05.04-FEAMP-0136

Em complemento à intervenção já realizada no portinho da Lapa das Pombas em 2015, a Sociedade Polis Litoral Sudoeste promoveu a requalificação das estruturas terrestres (armazéns de aprestos), com o objetivo de melhorar as condições de segurança e de trabalho dos pescadores no Portinho da Lapa das Pombas, onde serão realizados os seguintes trabalhos:

  • Reabilitação do conjunto edificado

  • Reparação da guarda que delimita o terreiro com o mar

  • Intervenção ao nível do talude a tardoz do conjunto edificado, criando melhores condições de segurança.

 

 

Valor global aprovado de 119.494 €, com uma taxa de cofinanciamento de 75%

 

Ficha de Projeto

Candidaturas

2019.08

Beneficiação e Requalificação do Portinho da Arrifana

Candidatura: MAR-01.05.01-FEAMP-0142

O Projeto que integra esta candidatura tem por objetivo assegurar a funcionalidade do Portinho de Pesca da Arrifana, pela reparação das várias infraestruturas, nomeadamente:

>      molhe de abrigo

>       retenção marginal e terrapleno

>      cais sudoeste

>      rampa de varadouro

>      escadas do cais norte

>      limpeza de fundos da bacia do porto.

 

Valor global aprovado 597.780 €, com uma taxa de cofinanciamento de 75%

 

Ficha de Projeto

Candidaturas

2019.06

Aprovadas três candidaturas da Sociedade Polis Litoral Sudoeste, num investimento global de 1.124.302€, submetidas ao Programa Operacional -  Alentejo 2020, Eixo Prioritário 8 – Ambiente e Sustentabilidade na Prioridade de Investimento 6.3 – Conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património natural e cultural.

 

Valorização e Qualificação de Infraestruturas de Visitação entre a Zambujeira do Mar e o Almograve – Entrada da Barca, Alteirinhos e Almograve

Candidatura Alt20-08-2114-FEDER-000169  

Esta candidatura integra os seguintes projetos:
a)    Requalificação do Percurso Pedonal entre a Zambujeira do Mar e a Entrada da Barca
b)    Requalificação do Estacionamento, Instalações Sanitárias Públicas de apoio à Praia dos Alteirinhos
c)    Requalificação dos Passadiços de Acesso à Praia do Almograve
A operacionalização das ações que integram esta candidatura  tem por objetivo promover a valorização dos ativos naturais e paisagísticos que caracterizam esta Região como destino turístico associado a uma oferta qualificada e ajustada às características ambientais, naturais e patrimoniais, reforçando a atração deste território como um destino compatível com a identidade de um Parque Natural.

Valor global aprovado 564.912 €, com uma taxa de cofinanciamento de 85%

FICHA DE PROJETO

 

Valorização e qualificação da Praia da Ilha do Pessegueiro

Candidatura Alt20-08-2114-FEDER-000170

Os objetivos inerentes a este projeto, passam pela valorização dos espaços passíveis de uso público (praias de tipologia I, II e III, na definição do POOC Sines - Burgau), nomeadamente com a criação de infraestruturas de apoio ao uso balnear (áreas de lazer, acessos viários, estacionamento, acessos pedonais, apoios de praia de qualidade), garantindo a segurança e conforto na sua utilização, mantendo a integridade biofísica do espaço em que se inserem, criando uma imagem de conjunto de referência, associada ao valor ambiental da envolvente (recuperação dunar, renaturalização de áreas degradadas). 

Valor global aprovado – 455.870€, com uma taxa de cofinanciamento de 85%

FICHA DE PROJETO

 

Valorização e criação de infraestruturas de visitação na praia dos Buizinhos em Porto Covo

Candidatura Alt20-08-2114-FEDER-000171

A operacionalização das ações que integram esta candidatura tem por objetivo promover a valorização dos ativos naturais e paisagísticos que caracterizam esta Região como destino turístico associado a uma oferta qualificada e ajustada às características ambientais, naturais e patrimoniais, reforçando a atração deste território como um destino compatível com a identidade de um Parque Natural. Pelo objetivo intrínseco a esta Operação e por esta integrar ação de valorização e criação de um espaço inserido numa área protegida – Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Valor global aprovado – 103.520€, com uma taxa de cofinanciamento de 85%

FICHA DE PROJETO

Inauguração

2018.07

A Sociedade Polis Litoral Sudoeste - Sociedade para a Requalificação e Valorização do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, SA, executou com sucesso duas importantes empreitadas de consolidação e estabilização de arribas com vista à minimização de risco de pessoas e bens no litoral Sudoeste Alentejano. Uma no concelho de Sines (arribas do Portinho de Porto Covo) e outra em Odemira – arribas norte e este da praia da Zambujeira do Mar. Ambas as intervenções foram financiadas pelo POSEUR, com uma taxa de comparticipação de 85%, sendo o restante assegurado pelo Capital Social da Sociedade.

 

No que diz respeito às arribas da Zambujeira do Mar, as respetivas características geológicas e geotécnicas, associadas à ação dos agentes meteorológicos, provocaram ao longo dos anos ações de desgaste nessa massa rochosa, desencadeando um cenário de fenómenos de potencial instabilização por tombamento, colocando em risco pessoas e bens, quer na sua base - ao nível da praia - como no topo da crista das arribas norte e este - ao nível do espaço público da Zambujeira do Mar.

 

Assim, esta intervenção visou dar resposta à correção de situações problemáticas de erosão costeira verificadas na praia da Zambujeira do Mar e a salvaguarda dos sistemas naturais de arribas, conferindo-lhes condições de estabilização e reposição do seu equilíbrio ecológico, ao mesmo tempo que se promove a sustentabilidade económica do aglomerado urbano da Zambujeira do Mar, território de elevada procura turística, através da melhoria das condições de segurança para as atividades que aqui se desenvolvem.

 

A consolidação / estabilização destas arribas, tornando-as mais resilientes a fenómenos naturais, irá garantir a valorização e a manutenção da sustentabilidade da principal base económica deste núcleo urbano da Zambujeira do Mar, associada à pesca artesanal, ao uso balnear, aos desportos de mar e à oferta gastronómica.

 

A implementação desta obra revelou-se essencial para a salvaguarda dos sistemas funcionais e naturais das arribas norte e este da praia da Zambujeira do Mar, incidindo maioritariamente na proteção e reposição do equilíbrio do sistema natural das arribas sobranceiras à zona balnear, e na proteção de pessoas, salvaguardando ainda a fruição destes espaços pela população local e visitantes.

 

A obra de Estabilização/Consolidação das arribas norte e este da praia da Zambujeira do Mar implicou a realização dos seguintes trabalhos:

  • Aplicação de rede pregada, para conter eventuais blocos instáveis e prevenir a sua queda;

  • Colocação de rede de estabilização, com proteção contra a corrosão, fixada nos extremos superiores e laterais com ancoragens;

  • Remoção dos detritos rochosos depositados na parte inferior do talude, junto à fenda de tração, bem como a limpeza e saneamento da face da arriba e de blocos potencialmente instáveis;

  • Realização de enchimentos e reperfilamento de reentrâncias da arriba com betão ciclópico;

  • Instalação de geodrenos sub-horizontais;

  • Instrumentação e observação da arriba através da instalação de alvos topográficos refletores, ao longo da crista da arriba e do muro, e observação de todos os equipamentos instalados.

 

A obra, com elevados níveis de complexidade e risco de execução, iniciou-se em março de 2017 e foi concluída em março de 2018.

 

Ficha de Projeto

Evento

2018.07

A Sociedade Polis Litoral Sudoeste esteve mais uma vez presente na FACECO - Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira,que se realizou nos dias 20, 21 e 22 de julho, em S. Teotónio.

Este importante certame é promovido pelo Município de Odemira, em parceria com diversas entidades e tem como objetivo a promoção do território, dos seus produtos e atividades, das coletividades e dos atores locais, potenciar o tecido empresarial e cultural e atrair novos empreendedores e investidores para o concelho.

Conclusão dos Trabalhos

2018.07

A Polis Litoral Sudoeste, S.A. encontra-se a concluir a empreitada de requalificação do património natural, na área designada por Vila Rosalinda, a qual visou a demolição das estruturas existentes, a sul do aglomerado urbano do Rogil (concelho de Aljezur).

 

Esta intervenção enquadra-se nas disposições do Plano de Ordenamento do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 11-B/2011, de 4 de fevereiro), que considera a área designada por Vila Rosalinda como um espaço destinado à conservação da natureza e da biodiversidade, onde se torna necessário inverter a situação existente e recuperar as caraterísticas naturais do local.

 

A empreitada foi adjudicada por €: 53.116,50 + IVA, os trabalhos tiveram início no dia 21 de maio de 2018 e estarão concluídos no dia 20 de julho de 2018.

 

Tendo em conta a sensibilidade da área de intervenção, a demolição foi executada elemento a elemento e os respetivos resíduos estão a ser remetidos, devidamente acondicionados e separados, a vazadouro adequado.

Inaugurações

2018.01

Decorreram no litoral do concelho de Odemira as cerimónias de inauguração das empreitadas integradas nas intervenções promovidas pela Sociedade Polis Litoral Sudoeste, na praia do Malhão, na praia da Franquia e de valorização e requalificação do núcleo histórico e ribeirinho em Vila Nova de Milfontes.

Estas inaugurações foram presididas pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes e contaram também com a presença da Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, e de representantes das várias entidades envolvidas nestas intervenções.

O Senhor Ministro do Ambiente salientou que o investimento subjacente a estas três intervenções veio proporcionar uma maior atratividade ao litoral do concelho de Odemira e a este troço costeiro do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, que é um dos mais extensos e mais visitados durante a época balnear e demonstram a capacidade de intervir de forma sustentável, preservando o ambiente e a biodiversidade, ordenando o território e melhorando a qualidade de vida das populações aí residentes e o usufruto dos espaços balneares (Malhão e Franquia) e do núcleo histórico e ribeirinho de Vila Nova de Milfontes.

Please reload